Entidades realizam Seminário para debater desafios e perspectivas da reforma da Previdência

Entidades realizam Seminário para debater desafios e perspectivas da reforma da Previdência

A programação do seminário, que será realizado durante todo o dia 7 de dezembro, tem painéis para discutir questões sobre o financiamento, a segurança e os cálculos e garantias de manutenção e sustentabilidade dos fundos de previdência.

Com informações de: Ascom/FONACATE

Desde a aprovação da Emenda Constitucional 103/2019, que estabeleceu novas regras para a aposentadoria, muitos servidores desconhecem os impactos e as alterações advindas da nova lei.

E para esclarecer os principais pontos que afetam o funcionalismo, a Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), a Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), a Federação Nacional dos Auditores e Fiscais de Tributos Municipais (Fenafim) e Pública Central do Servidor realizam o Seminário Regimes Próprios de Previdência Social – Desafios e Perspectivas, no próximo dia 7 de dezembro, a partir das 9h, no auditório Freitas Nobre, da Câmara dos Deputados, em Brasília/DF.

O evento reunirá parlamentares, especialistas e servidores para analisar as perspectivas para os Regimes Próprios de Previdência da União, Estados e Municípios, nos novos governos que tomam posse em janeiro.

Dentre os palestrantes, já estão confirmados nomes como Allex Albert Rodrigues, subsecretário de RPPS do Ministério do Trabalho e Previdência; e Ivo Loyola, atuário e consultor de previdência. Os debatedores irão abordar as regras de transição e os direitos da aposentadoria, além de debater os caminhos para garantir a manutenção dos regimes.

A programação do seminário, que será realizado durante todo o dia 7 de dezembro, tem painéis para discutir questões sobre o financiamento, a segurança e os cálculos e garantias de manutenção e sustentabilidade dos fundos de previdência.

O seminário é gratuito e servidores de todo o país poderão acompanhar, por meio da transmissão ao vivo nos canais de Youtube das entidades organizadoras e redes sociais. Já as inscrições para participação presencial serão limitadas (clique aqui para se inscrever).

Confira a programação e participe!

SERVIÇO:
Evento: Seminário Regimes Próprios de Previdência Social – Desafios e Perspectivas
Local: Auditório Freiras Nobre, Câmara dos Deputados
Data: 7 de dezembro de 2022
Horário: das 9h às 18h

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Notícias Relacionadas

“Essa luta pela melhoria do texto traz benefícios efetivos aos servidores que migrarem agora ao RPC”, comemora o presidente do Fonacate, Rudinei Marques.
“Essa luta pela melhoria do texto traz benefícios efetivos aos servidores que migrarem agora ao RPC”, comemora o presidente do Fonacate, Rudinei Marques.
“Essa luta pela melhoria do texto traz benefícios efetivos aos servidores que migrarem agora ao RPC”, comemora o presidente do Fonacate, Rudinei Marques.
Outro tema recorrente nas dúvidas que surgiram durante a transmissão, diz respeito a possíveis impactos da migração nos requisitos para aposentadoria do servidor. A advogada Larissa Benevides explicou que os parâmetros de tempo, idade e permanência na carreira e no cargo não se alteram.
Outro tema recorrente nas dúvidas que surgiram durante a transmissão, diz respeito a possíveis impactos da migração nos requisitos para aposentadoria do servidor. A advogada Larissa Benevides explicou que os parâmetros de tempo, idade e permanência na carreira e no cargo não se alteram.
Outro tema recorrente nas dúvidas que surgiram durante a transmissão, diz respeito a possíveis impactos da migração nos requisitos para aposentadoria do servidor. A advogada Larissa Benevides explicou que os parâmetros de tempo, idade e permanência na carreira e no cargo não se alteram.
Para migração até 30 de novembro, o texto manteve a fórmula que considera 80% das maiores contribuições realizadas.
Para migração até 30 de novembro, o texto manteve a fórmula que considera 80% das maiores contribuições realizadas.
Para migração até 30 de novembro, o texto manteve a fórmula que considera 80% das maiores contribuições realizadas.
Dia 5 é o prazo para encerrar-se o processo legislativo com a votação no Senado e remessa do texto aprovado para sanção ou veto pelo Presidente da República, que terá 15 dias para se decidir.
Dia 5 é o prazo para encerrar-se o processo legislativo com a votação no Senado e remessa do texto aprovado para sanção ou veto pelo Presidente da República, que terá 15 dias para se decidir.
Dia 5 é o prazo para encerrar-se o processo legislativo com a votação no Senado e remessa do texto aprovado para sanção ou veto pelo Presidente da República, que terá 15 dias para se decidir.
A assessora jurídica do Fonacate, Larissa Benevides, destacou que o objetivo da webinar não é defender ou não a migração, mas municiar os servidores com informações relevantes para que a decisão, que é individual e irrevogável, seja a mais assertiva.
A assessora jurídica do Fonacate, Larissa Benevides, destacou que o objetivo da webinar não é defender ou não a migração, mas municiar os servidores com informações relevantes para que a decisão, que é individual e irrevogável, seja a mais assertiva.
A assessora jurídica do Fonacate, Larissa Benevides, destacou que o objetivo da webinar não é defender ou não a migração, mas municiar os servidores com informações relevantes para que a decisão, que é individual e irrevogável, seja a mais assertiva.
A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6.767 foi ajuizada pelo PT.
A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6.767 foi ajuizada pelo PT.
A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6.767 foi ajuizada pelo PT.
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support