Eleições 2022» Fonacate divulga Carta de Princípios que será entregue aos presidenciáveis

Eleições 2022» Fonacate divulga Carta de Princípios que será entregue aos presidenciáveis

Para Rudinei Marques: “é preciso recuperar o tempo perdido, olhar pra frente e retomar um caminho de desenvolvimento sustentável e inclusivo, o que somente será possível com a retomada das capacidades estatais, com o fortalecimento e a valorização do serviço público brasileiro. A Carta de Princípios do Fonacate aponta nessa direção”.

Com informações de: Ascom/FONACATE

O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulga, em todo ano eleitoral, uma Carta de Princípios que será entregue aos principais candidatos à Presidência da República. O objetivo é que eles se comprometam, caso eleitos, com o diálogo e o fortalecimento do Estado Democrático de Direito, em especial no que tange a valorização dos servidores e a qualificação dos serviços públicos.

O documento foi lançado oficialmente durante a 7ª Conferência Nacional das Carreiras Típicas de Estado, realizada dia 24 de maio (clique aqui e saiba mais sobre o evento).

Dentre os pontos, solicita o compromisso do candidato com a vedação à terceirização na ocupação de cargos públicos com atribuições definidas em lei; a estabilidade no serviço público como instrumento de proteção dos servidores e do Estado e de garantia da independência das instituições, a impessoalidade e a primazia do interesse público; e a adoção de políticas de inovação no serviço público que contribuam para o desenvolvimento sustentável em suas dimensões econômica, social e ambiental.

Para Rudinei Marques, presidente do Fonacate e da Fenaud, “é preciso recuperar o tempo perdido, olhar pra frente e retomar um caminho de desenvolvimento sustentável e inclusivo, o que somente será possível com a retomada das capacidades estatais, com o fortalecimento e a valorização do serviço público brasileiro. A Carta de Princípios do Fonacate aponta nessa direção”.

Leia abaixo a íntegra do documento.

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Notícias Relacionadas

Para Rudinei Marques, “em vez dessas agressões verbais ao funcionalismo, Paulo Guedes deveria se preocupar mais com a economia nacional: a inflação voltou com força, o preço da gasolina disparou, há 33 milhões de brasileiros passando fome e, nessa conjuntura desastrosa, a economia segue estagnada”.
Para Rudinei Marques, “em vez dessas agressões verbais ao funcionalismo, Paulo Guedes deveria se preocupar mais com a economia nacional: a inflação voltou com força, o preço da gasolina disparou, há 33 milhões de brasileiros passando fome e, nessa conjuntura desastrosa, a economia segue estagnada”.
Para Rudinei Marques, “em vez dessas agressões verbais ao funcionalismo, Paulo Guedes deveria se preocupar mais com a economia nacional: a inflação voltou com força, o preço da gasolina disparou, há 33 milhões de brasileiros passando fome e, nessa conjuntura desastrosa, a economia segue estagnada”.
Uma das grandes preocupações do Fórum é a suposta retirada da natureza pública das entidades fechadas de previdência complementar (Funpresp’s) e a possibilidade de pagamento extrateto a seus dirigentes.
Uma das grandes preocupações do Fórum é a suposta retirada da natureza pública das entidades fechadas de previdência complementar (Funpresp’s) e a possibilidade de pagamento extrateto a seus dirigentes.
Uma das grandes preocupações do Fórum é a suposta retirada da natureza pública das entidades fechadas de previdência complementar (Funpresp’s) e a possibilidade de pagamento extrateto a seus dirigentes.
O Fonacate e afiliadas continuam acompanhando o debate sobre o tema até que todas as falhas que ainda existem no texto sejam sanadas.
O Fonacate e afiliadas continuam acompanhando o debate sobre o tema até que todas as falhas que ainda existem no texto sejam sanadas.
O Fonacate e afiliadas continuam acompanhando o debate sobre o tema até que todas as falhas que ainda existem no texto sejam sanadas.
O ato público será realizado no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, dia 31 de maio, a partir das 14h, e vai contar com a presença de servidores de todo o país, deputados e senadores.
O ato público será realizado no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, dia 31 de maio, a partir das 14h, e vai contar com a presença de servidores de todo o país, deputados e senadores.
O ato público será realizado no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, dia 31 de maio, a partir das 14h, e vai contar com a presença de servidores de todo o país, deputados e senadores.
Entidades são recebidas pela ministra Flávia Arruda.
Entidades são recebidas pela ministra Flávia Arruda.
Entidades são recebidas pela ministra Flávia Arruda.
Além da Reforma Administrativa, outro tema que fez parte do café da manhã foi a PEC 23/2021, que estabelece os precatórios da União em 2022.
Além da Reforma Administrativa, outro tema que fez parte do café da manhã foi a PEC 23/2021, que estabelece os precatórios da União em 2022.
Além da Reforma Administrativa, outro tema que fez parte do café da manhã foi a PEC 23/2021, que estabelece os precatórios da União em 2022.
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support