Presidente do Fonacate prestigia lançamento do programa “De olho na saúde”, do GDF

Presidente do Fonacate prestigia lançamento do programa “De olho na saúde”, do GDF

Com informações de:
Ascom/Fonacate - Fotos: Controladoria-Geral do DF

Publicado em: 10/04/2019 00:00

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Publicado em: 10/04/2019 00:00

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

A Controladoria-Geral do Governo do Distrito Federal, juntamente com as administrações regionais, os conselhos de saúde, os hospitais públicos e a sociedade, lançou nesta terça-feira (9) o projeto de controle social “De Olho na Saúde”, que visa estimular a participação ativa da comunidade e aprimorar os serviços públicos prestados pelas unidades de saúde do DF.


De acordo com controlador-geral do DF, Aldemario Araújo Castro, o projeto capacitará grupos de auditores cívicos que, com o apoio da Controladoria, elaborarão um relatório de auditoria cívica da unidade de saúde, que não buscará mapear apenas os problemas, mas também as possíveis soluções e as boas práticas existentes. Diante do diagnóstico produzido, o grupo identificará o que a própria comunidade, com seus recursos e meios, pode fazer em prol da unidade de saúde. O projeto busca a cooperação entre Governo e sociedade para enfrentar os graves problemas enfrentados pela área de Saúde do DF.

O presidente do Fonacate, Rudinei Marques, participou do lançamento do programa no Hospital da Região Leste, que atende moradores do Paranoá, Itapoã e São Sebastião, e saudou a iniciativa da Controladoria Geral do DF em fomentar o controle social em área tão essencial como a da saúde.

“Parabenizo o controlador-geral Aldemario Castro e seu adjunto, Paulo Martins, pelos resultados já alcançados na área do controle, apesar de ainda estarem no início da gestão. Cabe aqui destacar que o resultado da má politica é o desatendimento ao cidadão. Portanto, é fundamental o aprimoramento institucional do controle interno e a realização de parcerias, como a que hora se celebra com a sociedade  civil, porque somente desta forma pode-se garantir que cada real arrecadado do cidadão seja convertido em serviços públicos de boa qualidade, como devem ser os serviços públicos na área da saúde”, ressaltou o presidente do Fórum.

Durante o lançamento, também foram oferecidos diversos serviços gratuitos à comunidade, como a Ouvidoria Itinerante da Secretaria de Saúde, atendimento jurídico com advogados da Subseção da OAB do Paranoá, e atendimento voltado à saúde da mulher. Saiba mais sobre o programa no site: http://cg.df.gov.br/

Downloads

Categoria

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Scroll Up