Resultado do Tesouro Nacional mostra queda de 3,7% na despesa com servidores

Resultado do Tesouro Nacional mostra queda de 3,7% na despesa com servidores

Números revelam que, em relação ao PIB, gasto total com funcionários públicos ativos da União é menor que o registrado há 22 anos.

Com informações de:
O Dia

Publicado em: 29/01/2021 12:05

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Publicado em: 29/01/2021 12:05

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

O Resultado do Tesouro Nacional no ano de 2020, apresentado nesta quinta-feira, apontou queda nos gastos com salários de servidores federais ativos em relação a 2019. Os números foram destacados por algumas entidades, como o Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos Federais de Finanças e Controle (Unacon Sindical), que integra o Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate).

“Em 2020, números oficiais do Tesouro Nacional mostram que a despesa com pessoal civil ativo do governo federal, corrigida pela inflação, caiu 3,7% em relação a 2019, sendo ainda inferior ao nível alcançado em 2014”, detalhou Bráulio Cerqueira, presidente do Unacon Sindical.

Os dados mostram ainda que a despesa com o funcionalismo é menor que a registrada há 22 anos. “Em relação ao PIB, o gasto total com servidor é menor do que o observado em 1998. Ou seja, há mais de 20 anos, não há qualquer descontrole com as despesas de pessoal da União”, complementou.

A análise dos números com lupa veio ainda em um momento em que o governo federal defende o controle de gastos públicos, entre eles, com salários no serviço público.

A equipe econômica da União quer a aprovação da PEC Emergencial, que prevê gatilhos (como redução de salário e jornada de servidores) em períodos de crise, por exemplo, quando houver descumprimento da Regra de Ouro pela União. E quando a despesa corrente dos estados e municípios ultrapassar 95% da receita.

Integrantes do Executivo Federal também apontam a reforma administrativa (PEC 32), que reestrutura o setor público brasileiro, como essencial.

Categoria

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Scroll Up