Mobilização: Reforma Administrativa e Precatórios dominam pauta da Câmara na próxima semana

Mobilização: Reforma Administrativa e Precatórios dominam pauta da Câmara na próxima semana

“Vamos investir todos os recursos e trabalhar pela derrota integral da PEC 32”, reiterou o presidente do Fonacate e da Fenaud, Rudinei Marques.

Com informações de: Ascom/FONACATE

Até o final do mês de outubro, dois projetos preocupam os servidores e estão em debate na Câmara dos Deputados: as Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 32/2020, da reforma administrativa, e a 23/2021, conhecida como a PEC dos Precatórios.

Durante Assembleia Geral do Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate), realizada na manhã desta quinta-feira (14), as entidades avaliaram que a Câmara deve se debruçar sobre as matérias na próxima semana, porém, com o conhecimento de que a reforma administrativa tem um peso eleitoral nesse momento.

“Com a proximidade do processo eleitoral de 2022, é provável que os parlamentares estejam indecisos sobre votar a PEC 32 esse ano”, explicou Jorge Mizael, assessor parlamentar do Fonacate.

O Fonacate, afiliadas e diversas entidades representativas dos servidores intensificaram a campanha contra a reforma administrativa desde a aprovação do texto na Comissão Especial. A matéria pode ser pautada no plenário da Câmara a qualquer momento.

As entidades do Fórum aprovaram investir mais recursos nas mobilizações nos aeroportos, na Câmara, nas campanhas na Globo News e impulsionamentos nas redes sociais.

“Vamos investir todos os recursos e trabalhar pela derrota integral da PEC 32”, reiterou o presidente do Fonacate e da Fenaud, Rudinei Marques.

Quanto à PEC 23, o Fonacate está apoiando uma campanha contra o calote no pagamento de precatórios, e em defesa da segurança jurídica no Brasil (clique aqui e saiba mais).

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Notícias Relacionadas

O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
“O livro, portanto, é uma crítica ao modelo econômico que está em implementação no Brasil e, ao mesmo tempo, uma sugestão de caminho para o desenvolvimento nacional, a organização do Estado e o manejo da política econômica”, afirma José Celso.
“O livro, portanto, é uma crítica ao modelo econômico que está em implementação no Brasil e, ao mesmo tempo, uma sugestão de caminho para o desenvolvimento nacional, a organização do Estado e o manejo da política econômica”, afirma José Celso.
“O livro, portanto, é uma crítica ao modelo econômico que está em implementação no Brasil e, ao mesmo tempo, uma sugestão de caminho para o desenvolvimento nacional, a organização do Estado e o manejo da política econômica”, afirma José Celso.
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support