FONACATE vai intensificar atuação contra a reforma administrativa e realizar dia nacional de paralisação

FONACATE vai intensificar atuação contra a reforma administrativa e realizar dia nacional de paralisação

A necessidade de maior engajamento dos servidores públicos contra a PEC foi voz corrente no encontro. “Vamos preparar uma cartilha bem objetiva, demonstrando como a proposta afeta os atuais servidores e, claro, explicando para os parlamentares os riscos para a população se essa proposta for aprovada”, explicou Rudinei Marques.

Com informações de:
Ascom/FONACATE

Publicado em: 01/06/2021 22:34

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Publicado em: 01/06/2021 22:34

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

“Temos que intensificar a luta e a mobilização de nossas bases. E mostrar que todos os servidores – inclusive os atuais – serão duramente atingidos, se a PEC 32 for aprovada”, alertou o presidente do Fonacate e da Fenaud, Rudinei Marques, ao abrir os trabalhos da Assembleia Geral realizada na tarde desta terça-feira (1 de junho).

Durante a videoconferência, que teve como pauta única estratégias de mobilização contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2020), da Reforma Administrativa, as entidades avaliaram os possíveis cenários de tramitação da matéria na Comissão Especial, que deve ser instalada na próxima semana.

A necessidade de maior engajamento dos servidores públicos contra a PEC foi voz corrente no encontro. “Vamos preparar uma cartilha bem objetiva, demonstrando como a proposta afeta os atuais servidores e, claro, explicando para os parlamentares os riscos para a população se essa proposta for aprovada”, complementou Marques.

Lademir Rocha, vice-presidente do Fonacate e presidente da Anafe, lembrou que proposta vai “acabar com serviços essenciais à população e dar muito mais espaço para apadrinhamento político”.

Dentre as propostas de mobilização, as entidades aprovaram um dia de paralisação. O também vice-presidente do Fórum e presidente do Sinal, Fábio Faiad, sugeriu que os servidores cruzem os braços, desliguem os computadores e façam outros tipos de mobilização nessa data. “Algum barulho temos que fazer para demonstrar a nossa insatisfação com a PEC.”

A data desse dia nacional de mobilização deve ser definida na próxima semana, a partir de articulações com outras entidades.

Larissa Benevides, assessora jurídica do Fonacate, esclareceu que o Fórum auxiliou a Frente Servir Brasil na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) impetrada no Supremo Tribunal Federal (STF) visando suspender a tramitação da matéria na Câmara até que o governo apresente os dados que embasaram a proposta. Novidades sobre esse julgamento também estão previstas para a semana que vem.

O encontro marcou ainda o início da nova companha do Fonacate contra a PEC 32, que será veiculada durante todo esse mês de junho na Globo News, assista abaixo e compartilhe:

Categoria

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Scroll Up