Decreto 10.620/2021: Sinal e Fonacate visitam gabinete da ministra do STF Rosa Weber

Decreto 10.620/2021: Sinal e Fonacate visitam gabinete da ministra do STF Rosa Weber

O objetivo do encontro foi levar argumentos favoráveis à declaração de inconstitucionalidade do referido Decreto à ministra, que é relatora da ADIn 6767.

Com informações de: Ascom/SINAL

O presidente do Sinal e vice-presidente de Comunicação do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Fábio Faiad, e a assessora jurídica do Fórum, Larissa Benevides, se reuniram com membros do gabinete da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber na quarta-feira, 6 de abril. Em pauta, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) 6767, impetrada contra o Decreto 10.620/2021, que, dentre outras disposições, transfere para o INSS as atividades de concessão e manutenção de aposentadorias e pensões dos servidores públicos.

O objetivo do encontro foi levar argumentos favoráveis à declaração de inconstitucionalidade do referido Decreto à ministra, que é relatora da ADIn 6767. O Fonacate ainda entregou memoriais à equipe de Rosa Weber e solicitou celeridade da análise do tema, haja vista a relevância e urgência para todo o funcionalismo federal. O Fórum ingressou na ADIn, em dezembro de 2021, na condição de amicus curiae, visando fornecer subsídios.

O Decreto 10.620/2021 também foi pauta de interlocução com outras instâncias recentemente. Em encontros com a Secretaria de Gestão e Desempenho do Pessoal (SGP), do Ministério da Economia, e com o gabinete do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, Faiad pediu a revogação do dispositivo.

O trabalho segue e a busca, agora, é por uma audiência com a Secretaria de Previdência, do Ministério do Trabalho e Previdência.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram

Notícias Relacionadas

O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
O webinar será realizado pelo Fonacate no próximo dia 24 de agosto, às 14h30. A transmissão será pelo canal do Fonacate no Youtube e pelas redes sociais das entidades afiliadas.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
Sobre o processo eleitoral, o Fonacate planeja o Encontro com os Presidenciáveis para a entrega da Carta de Princípios.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“A preocupação com a gestão pública é relativamente recente, em nosso país. Enquanto não a entendermos como elemento primordial para a construção de um Estado necessário, eficiente, moderno e desenvolvido, infelizmente não conseguiremos avançar”, ressaltou o ministro.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
“Em um país de tamanhas desigualdades cabe ao Estado, mais do que atenuar as vicissitudes sociais, promover a igualdade. E é por isso que estamos aqui, para que o Estado seja cada vez mais efetivo nessa direção”, afirmou Rudinei Marques.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
Especialistas defendem que a construção de um serviço público moderno e de uma burocracia eficiente passa pelo aperfeiçoamento orçamentário, e depende, também, do enfrentamento a questões sociais e ambientais.
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support