Histórico

Já presidiram o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado:

Rudinei Marques

Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC) do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), Rudinei Marques é presidente do Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos Federais de Finanças e Controle (UNACON SINDICAL) e foi secretário-geral do Fonacate na gestão anterior (2013/2015). Foi eleito presidente do Fórum para o triênio 2016/2018 e reeleito para o triênio 2019/2021.

Roberto Kupski

Agente Fiscal do Estado do Rio Grande do Sul, Roberto Kupski é presidente da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (FEBRAFITE), e atuava como secretário-geral do Fonacate desde a sua criação. Foi eleito presidente do Fórum para o triênio 2013/2015. Kupski também foi o primeiro presidente a completar todo o mandato à frente do Fórum.

Pedro Delarue Tolentino Filho

Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil, Pedro Delarue foi presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (SINDIFISCO NACIONAL), e completou o mandato da Diretoria eleita para o Triênio 2010/2012. Ficou à frente do Fórum de junho de 2011 a dezembro de 2012.

Jorge Cezar Costa

Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil, Jorge Cezar foi presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP) e assumiu a presidência do Fonacate – Diretoria eleita para o triênio de 2010/2012 – de abril de 2010 a maio de 2011.

José Carlos Cosenzo

Promotor de Justiça do Ministério do Público do Estado de São Paulo, José Carlos Cosenzo presidiu a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP) de 2006 a 2010, e foi presidente do Fonacate de dezembro de 2007 (ano que o Fórum foi formalizado e aprovou-se o seu primeiro Estatuto, dando personalidade jurídica à entidade) a março de 2010.

Aymoré Roque Pottes de Mello

À época também vice-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), o Desembargador de Justiça do Rio Grande Sul, Aymoré Roque Pottes de Mello, foi um grande defensor do Fórum das Carreiras de Estado e semeou com as 25 entidades fundadoras do FNPCTE (primeira sigla do Fonacate) a esperança de que era sim possível trabalhar em conjunto e unir forças na defesa de um serviço público de qualidade em atendimento aos interesses da sociedade. Aymoré presidiu o Fonacate desde 2006 – quando as entidades ainda se reuniam esporadicamente – até dezembro 2007.
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Scroll Up